sexta-feira, 31 de julho de 2009

Paludismo 1 - Sandra 0

Ah pois é!
O mosquito atacou e em força!
DE nada serviu a medicação de profilaxia que faço desde que vim para Angola.
Ontem e ao fim de 3 semanas de uma "gripe" que não passava decidi recorrer a uma consulta médica para tentar perceber o que se passava.
Não posso deixar aqui de relatar a minha ida a uma clinica privada em Benguela, a Clinica de S. Vicente.
Ao entrar dirigi-me ao balcão de atendimento onde pedi que me marcassem uma consulta de clinica geral, a sra preencheu a ficha, fiz o pagamento da consulta, cerca de 2600 Kwz que é o mesmo que dizer 26 euros, nem 5 minutos depois estava a ser chamada por uma enfermeira que mediu a minha temperatura, e a Ta e pediu que aguardasse novamente.
10 minutos mais tarde fui vsta por um médico que ouviu as inhas queixas e me disse deve ser paludismo, de seguida fui fazer uma análise para confirmar a presença do bicho, nem sequer esperei para fazer a análise.
Análise feita, o resultado demora cerca de 1 hora a sair, aguardo mais uma vez.
Análise pronta e sou de imediato chamada ao gabinete médico onde ele confirma o diagnóstico, Paludismo!
Saio de lá com uma receita imensa de emdicamentos que compro na farmácia da própria clinica e com a indicação de repetir a análise 3 dias após terminar a medicação.
Em resumo fui bem atendida e com celeridade e não, não era a unica utente da clinica naquela hora :)
Raio do paludismo é lixado mas com ph de farmácia!

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Bora lá colorir!




You Paint the World with Bright Colors



You are a true artist. You are very creative.

Your friends can count on you to be playful. You always know how to have fun!



You are a truly friendly person ... though sometimes you can be a bit jealous.

You are laid back and relaxed. Nothing really gets to you.

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Srs Exportadores..

Aqui fica um pedido, da próxima vez que mandarem um carrito , qualquer que seja, da simples mota ao grande camião para terras Angolanas poderiam fazer o obséquio de lhes retirar os máximos e as buzinas???? É que o pessoal anda a ficar surdo de tanta buzinadela , bem como anda a ficar cegueta de tanto encadeamento.
Por fim, peço ainda, se pudessem também fazer o grande favor de limitarem o volume a que se pode utilizar o radio ficariamos extremamente agradecidos e eternamente grato!
Obrigada!

terça-feira, 21 de julho de 2009

E porque estamos no cacimbo...



Esta árvore na praia da Baia Farta não tem folhas...



Deve ser por isso também que a água é tão clara que só parece ver-se a areia...

Lindo lindo

Obras em Angola...

Um governador provincial queria construir uma ponte e, para esse efeito, foi aberto um concurso público.

Concorreram três empreiteiros: um Chinês, um Português e um Angolano:

Proposta do Chinês: 3 Milhões de Dólares.
- 1 Milhão pela mão-de-obra;
- 1 Milhão pelo material;
- 1 Milhão para lucro.

Proposta do Português: 6 Milhões de dólares.
- 2 Milhões pela mão-de-obra;
- 2 Milhões pelo material;
- 2 Milhões para lucro.

Proposta do Angolano: 9 Milhões de dólares.
-"Nove Milhões?", admirou-se o Governador provincial? É demais! Porquê tanto?"
Respondeu o empreiteiro Angolano:"? simples":
- 3 Milhões para mim;
- 3 Milhões para si;
- 3 Milhões para o Chinês fazer a obra...

sábado, 18 de julho de 2009

O Paulino, o Guarda!



Este é o Paulino, o guarda do estaleiro onde se parte a pedra..vejam bem a figurinha..

Este sr tem mais de 50 anos, não sabe dizer com exactidão a idade, nem ele nem muitas pessoas por aqui, bilhetes de identidade também é algo que nao abunda por estas bandas, não é fora do vulgar as crianças nascerem e serem registadas muito mas muito tempo depois.

Este Sr já serviu portugueses em outros tempos e disso guarda boas recordações, diz-me ele com frequência que os "patrões" eram boas pessoas, sempre lhe deram boa comida e folga bem como alguma remuneração.
Pois esses patrões já cá não estão, ou foram para Portugal no pós 25 de Abril ou já morreram, ele n sabe o que lhe aconteceu e chega a falar disto com alguma magoa, o pai dele também já tinha trabalhado para esses "patrões", não era escravatura como ele proprio refere, mas era assim, o pai trabalhava e os filhos continuavam quando já tinham idade para o fazer, era simplesmente assim...

A mim chama-me "Patroa" e raramente me olha nos olhos, agradece repetidas vezes se lhe ofereço um cigarro que aceita sorridente, tem um pequeno salário, 10000Kwanzas que em euros é o equivalente sensivelmente a 100 euros, eu dou-lhe almoço e jantar, da nossa comida sobra sempre e ofereço-lhe todos os dias o que ele agradece. Não come sem que todas as pessoas que trabalhem no estaleiro comam, nem mesmo que se insista que ele pode comer ao mesmo tempo ele come, responde sempre, o empregado só come depois do patrão, ficou-lhe isto de outros tempos...

O Paulino tem 2 vicios que eu lhe conheça, o tabaco, fuma sempre que alguem lhe dá e a aguardente de banana, uma potente aguardente que o deixa KO para o resto do dia se a bebe de manhã, felizmente nunca ainda não o vi beber à tarde se não estavamos tramados com a guarda do espaço durante a noite.

É umapeça este Paulino, mas uma boa peça!

domingo, 12 de julho de 2009

A musica do momento, sempre a bombar no Tchirinawa!

Para que não fiquem duvidas sobre a profundidade da letra desta canção aqui fica...

"Antes eu era armado em Don Juan
Nenhuma miúda me escapava queria todas só pra moi
Nenhuma mulher me tinha na sua mão
Pois o meu coração era mais escorregadio que sabão

Coro
Mas desde que entrou na minha vida essa mulher
Hoje já não sou mais playboy agora sou como sou
Desde que entrou na minha vida essa mulher
Ela me recua e me avança ela me tem controle
Dá pra ver que eu?
Estou amarrado bem domesticado, essa mulher
Ela me põe na linha
Estou amarrado bem domesticado, essa mulher
Ela me põe na linha

Estou que nem um cão domesticado
Agora já nem mijo fora do pinico"

Rima e faz furor e dança-se que é uma maravilha!


Disseste...

" Tu és linda como és, não sabes disso??"
Sei meu querido amigo, mas esqueci-me, à custa de ter tentado ser linda como gostavam que fosse, prometo não mais me esquecer!

quarta-feira, 8 de julho de 2009

E porque os "pulas" vêm para Angola

"Pula" é o branco, é todo aquele que não é negro ou mulato e esta por aqui em Angola.
Sou uma pessoa de convições, acredito na jutiça, acredito na igualdade para todos, acredito que todos tem direito à educação, a saude , ao trabalho, por isso, chegar aqui a Angola foi um choque em alguns aspectos.

A grande maioria dos Angolanos, aqui em Benguela ond eestou À quase 3 semanas emprega-se em trabalhos nas obras, a lavar a roupa dos estrangeiros, a cozinhar a comida para os estrangeiros, de uma forma geral servem de "criadagem" para o "pula" que se levanta cedo, trabalha muito e arrecada algum ( por vezes muito) dinheiro.

Ganham pouco estes Angolanos , um salario médio ronda os 200 dolares que na moeda Angolana dá cerca de 18000 kwanzas, não se faz nada com esta quantia de dinheiro pois tudo é caro por estas bandas excepção feita À gasolina e ao tabaco tudo o resto tem preços exorbitantes. Nos primeiros dias isto revolveu-me as entranhas... como se pode esperar que um povo ande para a frente se os salários que ganham não fazem face as despesas que têm ( que qualquer ser humano tem)? Uns dias depois percebi...percebi que este povo trabalha para ganhar o dia, não se esforça muito para manter o que tem, quando questionado para fazer qualquer tarefa leva o seu tempo até a realizar, tem a meu ver muito pouco sentido de responsabilidade, falta ao trabalho e acha que não precisa de avisar, pede dinheiro antecipado se for preciso todos os dias e quando chega o fim do mÊs fica admirado de receber tão pouco...esquece-se que ao longo do mês já o foi recebendo.

Não é um povo burro, mas por vezes para sua conveniência faz por parecer que é.
Sinto que tem dentro de si uma revolta grande de ver por aqui os "pulas" nos seus carros e eles a andarem a pé...

Em jeito de exemplo deixo aqui um excerto de uma conversa que tive com um moço que trabalha para nós, tem 17 anos e a tarefa dele é despejar o cascalho que se faz quando se parte a pedra da calçada, ao longo do dia apanho-o muitas vezes a dormitar ( isto é algo que o povo sabe fazer muito bem, dormitar a qualquer hora e em qualquer lugar).
Estavamos a falar da necessidade de trabalhar para ter as coisas, casa, carro e qualquer outras coisa que queiramos.
" - Então Augusto estás zangado?"
" - Não "patroa" eu também vou ter essas coisas todas, o governo vai me dar , a culpa de eu não ter é do governo, ele tem de me dar um carro "
" - Oh Augusto mas em nenhum pais do mundo o governo dá casas, carros, se queremos temos de trabalhar para as poder comprar!"
" - Oh "patroa" o governo é que vai me dar , ele é que tem de me dar!"

DE nada valeu estar com uma paciência de jô a explicar-lhe que em lado algum as coisas aparecem de mão beijada, é impressi0onante, este sentimento do " vão me dar" é geral, se não é o governo , é alguem que vai dar, lutar para ter dinehiro para adquirir não está nos planos da maioria destas pessoas!

Num outro post falarei dos "saldos" que as meninas Angolanas pedem com alguma frequência que na minha optica é uma forma de prostituição barata, mas como em tudo o que se vende , vende-se porque há oferta e porque há que compre... há coisas que era tão facil acabar....

terça-feira, 7 de julho de 2009

video

Apenas uma equena olhadela pela praia de Santo Antonio...

Mulheres versus Homens...


Estas duas placas estão na padaria onde vou todos os dias, compra-se umas carcaças que fazem lembrar as deportugal à uns anos atrás, não pensei que é meramente "decorativo", é tipo lei, são seguidas religiosamente, mulher no lado dos homens não é atendida e vise versa, por vezes e não são poucas aparecem pessoas que não sabem ler...imaginem...
Interrogo-me para que lá estará esse dois letreiros, habitualmente estao duas pessoas a vendr, logo nada tem a ver com dar primazia a um dos lados...um dia destes vou perguntar!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Parabéns Catarina!

Nasceste faz hoje 21 anos e deste-me uma alegria nunca antes dada , nem nunca mais alcançada!
Pela primeira vez, hoje não estou contigo para celebrar o teu aniversario, mas mesmo longe tu estas aqui e eu estou ai.
Sei que passarás um bom dia, tens ai pessoas, familia que fará por isso.
Desejo que tenhas o melhor do mundo e que aproveites tudo de bom que a vida tem para te dar.
Amo-te muito meia leca linda!