sábado, 14 de março de 2009

Ontem foi assim....


"...Quando nós nos olhámos, tardámos no beijo que a boca pedia
e na tarde ficámos, unidos, ardendo na luz que morria
Em nós dois nessa tarde em que tanto tardaste o sol amanhecia
Era tarde de mais para haver outra noite, para haver outro dia."

2 comentários:

PAS[Ç]SOS disse...

ainda que este post transpire uma intenção muito intimista, não resisto a expressar a minha admiração pelo poema na sua totalidade. uma das muitas maravilhas escritas por ary dos santos.

Sandra Ramos disse...

Sem duvida um dos mais lindos poemas desse grande poeta, sabes o que ele perguntou ao Fernando Tordo quando lhe pediu para compor uma musica para este poema?
Aqui fica a resposta: " olha lá eras capaz de compor uma musica onde coubessem muitas palvras, muitas palavras?"
Obrigada pelo comentario!